Português Italian English Spanish

MT não consegue contratar funcionários

MT não consegue contratar funcionários

Data de Publicação: 26 de junho de 2020 12:06:00

JESSICA BACHEGA
Gazeta Digital

Mesmo reajustando a remuneração e oferecendo benefícios, o governo do Estado não consegue contratar servidores da saúde para atuar durante a pandemia. Há inscritos, mas em número muito abaixo do que o necessário, como informou o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, na quinta-feira (25).

O governo publicou uma portaria com chamamento para contratação de funcionários para atuarem no combate à covid-19. No entanto, houve pouco retorno. Na semana passada, uma nova portaria foi publicada prevendo as contratações temporárias. O novo documento reajusta a remuneração paga por plantão e oferece bonificação para servidores que cumprirem mais plantões.

O secretário afirma que os servidores “escolhem” o que melhor lhes atende. A cada vez que o Estado melhora o salário e benefícios, a rede privada também faz reajustes, o que faz com que o profissional fique “ de um lado para o outro”.

“Há demanda no setor privado. Há demanda no setor público. Uma competição entre os ofertantes de serviços. Isso é uma das características do colapso que atinge todo o sistema”, explica o secretário.

Além da dificuldade para atender a demanda de pacientes com o quadro normal de servidores, pelo menos 800 deles estão afastados por suspeita de covid-19 ou com contaminação confirmada.

“Não há profissionais disponíveis no mercado. Ele eles também são contaminados, são afetados psicologicamente pela pandemia. [...] Não vou condená-los. São guerreiros e merecem aplausos, honram o juramento, honram o diploma na pandemia, porque escolheram a área da saúde. Temos que aplaudir aqueles que enfrentam esse perigo para salvar a população”, destaca.

Até o fim da semana que vem, 50 novas UTI’s devem ser criadas. 30 no Hospital Metropolitano de Várzea Grande em Cuiabá e 20 Hospital Estadual Santa Casa.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário