Português Italian English Spanish

Gefron apreende quase 4 toneladas de drogas e estima R$ 83 milhões de prejuízo ao crime

Gefron apreende quase 4 toneladas de drogas e estima R$ 83 milhões de prejuízo ao crime

Data de Publicação: 6 de julho de 2020 15:46:00
O cálculo de prejuízo leva em conta os valores estimados de entorpecentes, veículos, materiais de contrabando e moedas apreendidos neste período

Nara Assis | Sesp-MT

Policiais do Gefron - Foto por: Cristiano Antonucci / Secom-MT

Nos primeiros seis meses de 2020 o Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) apreendeu 3,8 toneladas de entorpecentes dentro e fora de Mato Grosso. Em comparação com o mesmo período de 2019, quando foram apreendidas 2,8 toneladas, o montante é 35% maior. O balanço feito pela unidade aponta também aumento no valor estimado de prejuízo ao crime em 118%. Este ano, são mais de R$ 83 milhões, enquanto no ano passado foram cerca de R$ 38 milhões.

O cálculo de prejuízo leva em conta os valores estimados de entorpecentes, veículos, materiais de contrabando e moedas apreendidos neste período. O comandante do Gefron, tenente-coronel PM Fábio Ricas, ressaltou que os resultados positivos são reflexos do entendimento da Secretaria de Estado de Segurança Púbica (Sesp-MT) quanto à importância das atividades do grupamento para segurança pública do estado. “As operações na região de fronteira têm sido uma prioridade da atual gestão, e o apoio da Secretaria nesse sentido, garantido disponibilização de recursos, é fundamental”, frisa.

A prisão por cumprimento de mandado cresceu 44% no primeiro semestre deste ano, quando foram registradas 23, em comparação ao mesmo período do ano passado, que contabilizou 16 prisões. Nesse sentido, o comandante do Gefron ressalta a integração das forças de segurança que, por meio da Operação Hórus Vigia, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, têm trabalhado de forma permanente na região de fronteira.

Realizada desde o ano passado, a iniciativa foi intensificada este ano com a criação de uma força tarefa entre o Gegron; Polícia Federal; Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), por meio da Delegacia Especial de Fronteira; Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer); Força Aérea Brasileira (FAB); e unidades da Polícia Militar (PM-MT).

Dados de produtividade

Na produtividade do Gefron no período de janeiro a junho deste ano, houve 59% a mais de ocorrências registradas, sendo 176 contra 111 no ano passado. O aumento também é percebido no número de pessoas encaminhadas à delegacia, com 206 brasileiros em 2020 e 134 em 2019. Já com relação aos bolivianos, seis foram encaminhados este ano, e no ano passado nenhum foi conduzido.

Com relação aos veículos apreendidos e/ou recuperados, houve aumento de 51%, já que este ano foram 165 e em 2019 foram 109. O Gefron ainda apreendeu seis aeronaves entre janeiro e junho de 2020, sendo que no ano passado não realizou nenhuma. A apreensão de armas manteve-se estável, com 14 em cada ano, e a de munições caiu de 915 no ano passado para 151 este ano.

A apreensão de moeda estrangeira (dólar) somou pouco mais de 32 mil este ano, contra 128 mil no ano anterior. Já em moeda nacional, o Gefron apreendeu nestes seis meses R$ 99.600,00 enquanto no mesmo período de 2019 foram R$ 22.600,00. Calculando os valores apreendidos, entre moedas nacional e estrangeira, convertendo-os em valores atuais (R$ 5,46), o montante é de R$ 274.489,26. A quantidade de material de descaminho ou contrabando diminiu este ano: foram 1,825 kg e no ano passado foram apreendidos 16 kg.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário