Português Italian English Spanish

Rotam apreende 56 armas, 300 kg de drogas e desarticula criminalidade em MT

Rotam apreende 56 armas, 300 kg de drogas e desarticula criminalidade em MT

Data de Publicação: 10 de julho de 2020 15:20:00
De janeiro a junho, o Batalhão Especializado da PM prendeu 378 pessoas e recuperou 59 veículos

Greyce Lima | Secom - MT

Treinamento dos policiais da Rotam na prevenção de roubo a banco. - Foto por: Christiano Antonucci

 

De janeiro a junho, os policiais do Batalhão da Rotam intensificaram o policiamento nas ruas, no combate à criminalidade. No primeiro semestre, a unidade especializada da Polícia Militar retirou de circulação 56 armas de fogo, recapturou 39 foragidos de justiça e apreendeu quase 300 kg de drogas na região metropolitana e no interior do Estado.

Este ano, a Rotam atuou com policiamento ostensivo em bairros, áreas e regiões onde era registrado um aumento na criminalidade. Com isso, crimes como tentativas de roubo a banco, de veículos e atuações de indivíduos integrados a organizações criminosas foram desarticuladas pela PM.

Em uma única ação, os policiais prenderam três pessoas e apreenderam um arsenal de grosso calibre em Várzea Grande. Armas como fuzis MK4, AK, AR-15, pistolas, drogas e dinheiro foram apreendidos em um salão de beleza que funcionava como fachada para o crime organizado.

PMMT

Durante o patrulhamento tático, os militares abordaram mais de 23.600 pessoas, registraram 287 boletins de ocorrência e prenderam 378 suspeitos. A Rotam devolveu 59 veículos aos respectivos proprietários, veículos que haviam sido roubados ou furtados.

Nas abordagens, sejam elas pessoal, checagem de imóveis, veicular, os policiais apreenderam quase 300 kg de entorpecentes como maconha, pasta base de cocaína, ecstasy, dentre outras substâncias ilegais.

PMMT

Com um efetivo de 150 policiais, os Comandos Regionais da PM no interior do Estado puderam contar com o apoio da Rotam em ocorrências de alta complexidade. Foram 95 ações integradas com as equipes de policiais nos municípios.  

O comandante do Batalhão Rotam, tenente-coronel Paulo Cesar explica que esse reforço policial da Rotam no interior é resultado de um trabalho focado nas operações de análise criminal.

“Trabalhamos direcionados por estudos criminais, por meio do apoio do setor de estatísticas da PM e contamos com a parceria do setor de inteligência, que faz o levantamento de informações e assim conseguimos lograr êxito em prender pessoas infratoras da lei e desarticular ações criminosas. É uma grande satisfação conseguirmos apoiar os policiais militares no interior do Estado, essa intensificação e integração das unidades nos fortalece a conter a violência e frustrar ações criminosas em Mato Grosso”, destaca o tenente-coronel.

pmmt

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário