Português Italian English Spanish

Com apenas dois leitos de UTI disponíveis, Barra beira o colapso na Saúde

Com apenas dois leitos de UTI disponíveis, Barra beira o colapso na Saúde

Data de Publicação: 12 de janeiro de 2021 09:12:00
Boletim divulgado nesta segunda-feira (11) aponta que dos setes leitos públicos de UTI, cinco estão ocupados

Informações: Emily Tinan - Semana 7

Reprodução

 

Conforme divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde no boletim epidemiológico desta segunda-feira (11), Barra do Garças só tem dois leitos de Unidade de Terapia intensiva (UTI) disponíveis para tratamento da Covid-19. O documento também registra mais uma morte indígena e de paciente de outro município. Veja o boletim no final da matéria.

Com mais 97 casos desde o último informativo, Barra chega a 3.704 pessoas contaminadas desde o começo da pandemia.

Deste número total, 3.167 são considerados curados, um índice de recuperação em 85,50%.

Mais uma morte de indígena foi registrada, chegando ao total de 26 óbitos em decorrência a doença. Já em relação aos não indígenas contabilizam 106.

Um morador de outro município também morreu enquanto estava internado em Barra do Garças. Desta forma, totalizando 71 mortes de pacientes da circunvizinhança.

Ainda conforme o boletim, 405 pacientes estão em tratamento, desses, 387 em isolamento domiciliar. O avanço no número de casos ativos chega a um aumento de 900% desde quando os números de pacientes cresceram relativamente, depois do dia 16 de novembro do ano passado.

Entre casos suspeitos e confirmados, 17 moradores de Barra do Garças estão hospitalizados em enfermarias. Já em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) são nove. 

Em relação aos pacientes de outros municípios, seis pessoas estão hospitalizadas em enfermaria. Já em UTI, quatro pessoas estão internadas.

A taxa de ocupação das UTIs públicas chega a 71,43%, pois dos setes leitos disponíveis, cinco estão ocupados.

Leitos em manutenção

Conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde, Barra do Garças possui nove leitos exclusivos para tratamento da covid-19. No entanto, apenas sete estão funcionando atualmente.

Segundo o secretário de Saúde, Adilson Tavares, os novos ventiladores que serão colocados nos leitos estão na cidade de Goiânia (GO) para serem avaliados e orçados. A previsão é de que em breve todos os leitos estejam ativos.

Risco de contaminação 

Ainda nesta segunda, Barra do Garças entrou na classificação de risco “moderado” para o coronavírus, juntamente com outros 12 municípios, conforme foi divulgado pelo boletim informativo da Secretaria Estadual de Saúde.

Conforme esse sistema de classificação, os níveis são determinados pela taxa de ocupação dos leitos de UTI da rede pública estadual de saúde e pelo índice de crescimento da doença nos municípios. A classificação ainda leva em conta os municípios com menos de 40 casos ativos e aqueles com mais de 40 casos ativos da Covid-19.

Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana, às segundas e quintas-feiras, e os resultados são divulgados nos Boletins Informativos da SES.

De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades, dentre elas é recomendado:

1) Implementação e/ou manutenção de todas as medidas previstas para o nível de rico baixo.

2) Quarentena domiciliar para pessoas acima de 60 anos e grupos de risco definidos pelas autoridades sanitárias.

3) Suspensão de aulas em escolas e universidades 

Ainda conforme o documento, estão classificados em risco “moderado”: Cuiabá, Barra do Garças, Sinop, Várzea Grande, Cáceres, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Colíder, Juara, Nova Mutum, Tangará da Serra, Rondonópolis e Nova Canaã do Norte.

Secretaria Municipal de Saúde

boletim bg 11 janeiro