Português Italian English Spanish

Servidora desconfia de ‘colega’, chama polícia e descobre falsa médica em MT

Servidora desconfia de ‘colega’, chama polícia e descobre falsa médica em MT

Data de Publicação: 13 de janeiro de 2021 09:54:00
A denúncia foi feita por uma médica da unidade de saúde do município de Alto Paraguai. Acusada foi presa e vai responder pelo crime de exercício ilegal da profissão

JOAO AGUIAR / REPÓRTER MT

Reprodução

Falsa médica atuava no interior do estado.

 

Samila Cristian Oliveira Estaques foi presa em flagrante na tarde de terça-feira (12) após se passar por médica, em uma unidade de Pronto Atendimento do município de Alto Paraguai (198 km de Cuiabá).

A denúncia foi feita por uma médica da unidade de saúde. Samila vai responder pelo crime de exercício ilegal da profissão.

De acordo com o boletim de ocorrência, uma médica que estava de plantão no Pronto Atendimento acionou os militares e informaram que Samila havia se apresentado como médica e estava exercendo ilegalmente a função.

No local, os policiais conversaram com a mulher, que confessou que havia mentido e que não tinha nenhuma formação na área da medicina. Ela contou que atuava na unidade como estagiária voluntária.

Diante disso, os militares encaminharam Samila até a delegacia de Polícia Civil de Diamantino, que vai investigar o caso.

Até a publicação desta reportagem, o Conselho Regional de Medicina (CRM-MT) ainda não havia se posicionado sobre o caso.