Português Italian English Spanish

Mulher é sequestrada, roubada e estuprada durante 2 dias em MT

Mulher é sequestrada, roubada e estuprada durante 2 dias em MT

Data de Publicação: 6 de março de 2021 14:32:00
Desconfiada do comportamento da vítima, irmã foi até sua casa, o que permitiu que ela fugisse

Midia News / LIZ BRUNETTO

PMMT

Após se desvencilhar dos agressores, ela conseguiu chamar a Polícia Militar

Uma mulher foi vítima de sequestro, cárcere privado e estupro em Rondonópolis (a 216 quilômetros de Cuiabá). Reconhecido, seu vizinho acabou sendo preso pelo crime. Outros dois suspeitos estão foragidos.

Durante o período em que esteve nas mãos dos agressores, ela foi roubada, estuprada e ameaçada. Após dois dias de sofrimento, a mulher conseguiu fugir e procurar a Polícia, na noite de sexta-feira (5). 

De acordo com o boletim de ocorrência, o caso aconteceu em um residencial na Vila Birigui.

A vítima contou que, na manhã de quinta-feira, por volta das 8h, ela saiu de casa para ir ao trabalho. Nesse momento, enquanto abria o portão, um homem, que ela não conseguiu identificar, a abordou e a levou para dentro de casa. 

Outro homem, que seria seu vizinho, chegou logo atrás. Ela o reconheceu pela voz e os pés, pois ele ficou com um capuz durante todo o tempo em que esteve em sua presença.

A mulher foi amarrada e teve os olhos tampados com uma venda, além de ter tido os cabelos cortados. 

Durante o período em que ficou presa pela dupla, a vítima foi estuprada diversas vezes. 

Ela foi obrigada a passar as senhas de cartões e e-mails, e também a falar com familiares e colegas de trabalho como se apenas estivesse indisposta. 

Segundo a vítima, havia uma terceira pessoa envolvida na ação, que passava instruções aos suspeitos pelo telefone. 

A irmã dela, que estava estranhando seu comportamento, resolveu ir até a sua casa com o filho de seis anos. 

No momento em que a irmã chegou, a vítima foi obrigada a pedir que ela voltasse outro dia. Mas a irmã insistiu. 

Os agressores, percebendo que a irmã não iria embora, obrigaram a vítima a abrir a porta e pedir que ela entrasse. 

Foi esse o momento que a mulher encontrou para fugir. Ela empurrou a porta e saiu correndo junto com a irmã e o sobrinho.

Os agressores ficaram para trás. Em seguida, a Polícia foi até o local e prendeu o vizinho da mulher, identificado como um dos autores. 

A vítima contou aos policiais que já havia sido aliciada várias vezes por ele. Disse que certa vez o vizinho propôs arrumar um emprego para ela caso ficassem juntos. 

O local foi isolado e a Polícia Civil assumiu as investigações do caso. 

A vítima foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhada para a  Santa Casa

Depois do atendimento, ela e a irmã foram encaminhadas para a delegacia para prestarem depoimento.