Português Italian English Spanish

Governo prevê manter escalonamento de salários até dezembro

Governo prevê manter escalonamento de salários até dezembro

Desde o mês de janeiro o Governo tem escalonado os salários dos servidores em três parcelas, em razão de problemas de fluxo de caixa nas contas do Executivo estadual.

MARCIO CAMILO
DA REDAÇÃO

RepórterMT/Reprodução.

Secretário de Fazenda Rogério Gallo afirma que meta é voltar pagar o servidor no mês trabalhado.

O fim do parcelamento dos salários dos servidores do Estado deve ocorrer só a partir de dezembro deste ano, conforme perspectiva da Secretaria de Fazenda.

"Nós estamos com a operação do Banco Mundial e eu não tenho condições de, até o mês de setembro, passar uma perspectiva um pouco melhor. Mas até dezembro, conforme a gente anunciou, nós devemos chegar ao pagamento de todo o salário no dia 10", ressaltou o secretário Rogério Gallo, em entrevista ao programa de rádio Chamada Geral.

A declaração é menos otimista do que a do governador Mauro Mendes (DEM), que já havia comentado a possibilidade de regularizar os pagamentos antes de dezembro, entre os meses de julho e setembro.

"Nós estamos com a operação do Banco Mundial e eu não tenho condições de, até o mês de setembro, passar uma perspectiva um pouco melhor. Mas até dezembro, conforme a gente anunciou, nós devemos chegar ao pagamento de todo o salário no dia 10", ressaltou o secretário Rogério Gallo.

 

Desde o mês de janeiro o Governo tem escalonado os salários dos servidores em três parcelas, em razão de problemas de fluxo de caixa nas contas do Executivo estadual.

Gallo explica que para pagar os salários de maneira integral até o dia 10 de cada mês, o Governo ainda precisa fazer o dever de casa como: cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) na meta de 49% de gastos com pessoal. Hoje o Estado usa 58% de seu orçamento com isso; e a aprovação do empréstimo junto ao Banco Mundial, para não precisar pagar uma parcela da dívida com o Bank Of America no valor de R$ 150 milhões, no próximo mês de setembro. 

“Se o Estado tiver que pagar esses 150 milhões de reais ao Bank Of America é um esforço enorme, então eu não poderia ser leviano, de pagar em um mês no dia 10 e no mês subsequente você ter que fazer de novo o escalonamento", argumentou Gallo ao acrescentar que o Governo tem como meta voltar a pagar os salários dos servidores dentro do mês, a partir 

  Veja Mais

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário