Português Italian English Spanish

Polícia Civil prende traficantes e fecha ponto de distribuição de drogas em Rondonópolis

Polícia Civil prende traficantes e fecha ponto de distribuição de drogas em Rondonópolis

Assessoria | PJC-MT

Dois integrantes de uma facção criminosa envolvida com tráfico de drogas em Rondonópolis (212 km ao Sul) foram presos pela Polícia Civil, na quarta-feira (31.07), durante trabalho investigativo da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município. A ação resultou na apreensão de entorpecentes, apetrechos relacionados ao tráfico e mais de R$ 3 mil em dinheiro.

Os suspeitos, Francisco Marcos da Silva, 22, (identificado como gerente do grupo), e David Bruno da Silva Carvalho, 23, (responsável por guardar a droga) foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Segundo as investigações da Derf Rondonópolis, após a prisão de outro líder do grupo, o suspeito Francisco Marcos foi designado para assumir o posto de “gerente” do tráfico nas regiões de Vila Canaã, Amizade, Lourdes e adjacências. Em monitoramento do suspeito, foi constatada a sua constante frequência na casa do suspeito David Bruno, no bairro Jardim Alvorada.

Segundo informações, a residência era utilizada para armazenamento de entorpecentes, que seriam distribuídas em bocas de fumo da região. O suspeito passava no local para buscar a quantidade de droga necessária para distribuição aos pontos de venda.

Durante monitoramento da residência, os investigadores da Derf perceberam a movimentação estranha no local, decidindo realizar a abordagem. Em um dos cômodos da casa, foi encontrada uma mochila com várias porções de entorpecentes, sendo 11 pedaços de maconha (pesando aproximadamente 2,5 kg), 33 porções de pasta base, e 18 porções de cocaína.

Questionado, David Bruno disse que estava guardando a droga para outra pessoa, posteriormente confessando que se tratava de Francisco Marcos. Em continuidade as diligências, os policiais foram até a residência do suspeito, onde ele foi detido. Em buscas na casa, foram apreendidos mais de R$ 3 mil em dinheiro, referente ao pagamento das “mensalidades” que as bocas de fumo tem que pagar a associação.

Na casa ainda foram apreendidos vários aparelhos eletrônicos, possivelmente de origem ilícita, e dois veículos (um Volkswagem Golf e uma motocicleta Honda XRE 300), que o suspeito adquiriu após assumir a posição de gerente da organização.

Diante dos fatos, os suspeitos foram conduzidos a delegacia, onde após serem interrogados, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário