Português Italian English Spanish

Suspeito de assassinato é transferido de Barra do Garças para Goiânia

Suspeito de assassinato é transferido de Barra do Garças para Goiânia

Data de Publicação: 28 de agosto de 2019 Um pintor de 27 anos está preso acusado de ter assassinado um homem de 43 anos por vingança

G1 GO

A Polícia Civil apresentou, na terça-feira (27), o pintor Tássio Ferreira, de 27 anos, suspeito de matar um morador de rua de Goiânia para se vingar do assassinato de um amigo. Ele foi preso no Mato Grosso e nega o crime. Tássio foi preso em Araguaiana e ficou por quase um mês na cadeia de Barra do Garças e foi transferido na terça-feira dia 23/8 para Goiânia. 

A vítima, João Barbosa, de 43 anos, foi morto em julho de 2017. Ele era investigado pelo assassinato de um outro morador de rua, que era amigo do pintor preso.

Tássio disse não conhecer nem a vítima, nem o outro homem que a vítima teria matado. “Eu estava trabalhando de pintor lá quando me prenderam. Eu nem sei quem são esses”, disse.

O delegado Ernani Cazer, que apurou o caso, contou que no dia do crime, o suspeito viu a vítima em uma praça do setor Eli Forte, em Goiânia e o esfaqueou. “Ele viu o João Barbosa e deu facadas no tórax dele e fugiu. Antes de morrer, o João disse para os policiais que atenderam a ocorrência e para vizinhos que estavam no local, que quem o esfaqueou foi o Tássio”, explicou.

De acordo com o delegado, João morreu dentro da ambulância a caminho de um hospital. As investigações apontaram que João teria matado o amigo de Tássio, conhecido como “Mãozinha”. Também de acordo com as apurações, os dois que morreram eram moradores de rua e teriam brigado por causa de alguma droga.

“O homicídio do Mãozinha foi mais ou menos um mês antes do João. A gente acredita que, como os dois eram usuários de droga, um pegou e usou a droga do outro é isso gerou a briga que levou à morte do Mãozinha”, completou.

De acordo com o delegado, Tássio não tinha conhecidos, parentes ou amigos em Araguaiana, para onde fugiu. “Além do fato de tentar se esconder, ele não teria outros motivos para ir para lá”, afirmou.

Cazer disse ainda que Tássio cumpria pena no regime semiaberto quando cometeu o homicídio. Quando ele foi preso, foram cumpridos o mandado de prisão temporária referente ao homicídio e outro mandado de prisão por ele estar foragido do semiaberto no cumprimento de pena por roubo.

João Barbosa foi morto em Goiânia â?? Foto: Polícia Civil/Divulgação
Vítima João Barbosa assassinado em julho de 2017 em Goiânia 

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário