Português Italian English Spanish

23 pessoas são autuadas por crimes ambientais no fim de semana em MT

23 pessoas são autuadas por crimes ambientais no fim de semana em MT

Data de Publicação: 17 de setembro de 2019 Maioria delas foi flagrada transportando madeira irregular. Também houve flagrantes de transporte irregular de carvão vegetal e sistemas de emissão de poluentes adulterados.

G1 MT

Reprodução

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) autuou 23 pessoas por crime ambiental em Sorriso, Nova Santa Helena, Rondonópolis e em Pontes e Lacerda Barra do Garças, entre sexta-feira (13) e domingo (15). A maioria foi flagrada transportando madeira irregular. Foram apreendidos 215,59 metros cúbicos do produto.

Além de madeira, foram flagrados transporte irregular de carvão vegetal e sistemas de emissão de poluentes adulterados.

Somente em Sorriso, a 420 km de Cuiabá, foram registradas cinco ocorrências.

Na sexta-feira, uma carreta foi flagrada com 55 m³ de madeira serrada sem licença. Segundo a PRF, o motorista apresentou documentos falsos do transporte aos policiais. Ele foi preso e deve responder por crime ambiental.

Horas depois, um bitrem foi flagrado transportando 37 m³ de madeira com documentação reutilizada de outra carga.

Ainda em Sorriso, na madrugada de sábado, um ônibus foi flagrado transportando 30 m³ de carvão vegetal sem documentação.

Já em Nova Santa Helena, a 622 km da capital, foram duas apreensões. Na sexta-feira, uma carreta transportando 38 m³ de madeira serrada estava fora do percurso que deveria seguir conforme a Guia Florestal, tornando o transporte ilegal.

Além isso, o veículo estava com o sistema de emissão de poluentes adulterado.No sábado, o motorista foi autuado pelo transporte irregular de uma carreta com 50 m³ de madeira em toras, das espécies cambará e cedrinho. Ele estava reutilizando a documentação de outra carga.

Durante fiscalização em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, a Companhia da Polícia Militar de Proteção Ambiental e a PRF abordaram uma carreta, no domingo, com 34,8 m³ de tábuas serradas sem documentação de transporte.

A carga havia saído de Alto Paraíso (RO) com destino a Colombo (PR).

Ainda de acordo com a PRF, em Barra do Garças e Pontes e Lacerda, a 516 km e 483 km de Cuiabá, respectivamente, houve flagrantes de bitrens com o sistema de emissão de poluentes adulterados.

Além do transportador, o emissor do produto e quem receberia a carga foram autuados.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário