Português Italian English Spanish

Fugitivos de Montes Claros morrem em confronto com polícia, na região de Bom Jardim de Goiás

Fugitivos de Montes Claros morrem em confronto com polícia, na região de Bom Jardim de Goiás

Data de Publicação: 29 de outubro de 2019
Há seis dias, os fugitivos haviam sido localizados na região, onde roubaram pelo menos três carros e mataram um produtor rural, em Pontal do Araguaia

Kayc Alves
Da redação

5º CR PM-MT

A Polícia Militar (PM) acaba de anunciar que os quatro fugitivos do presídio de Montes Claros de Goiás foram mortos em confronto com policiais, nesta terça-feira (29). Eles foram localizados em uma região de mata, entre Bom Jardim de Goiás e Baliza.    

O 5º Comando Regional da PM, sediado em Barra do Garças, integrado à PM de Goiás, conduziu a busca pelos procurados, que dois dias após a fuga foram localizados na região de General Carneiro. O desfecho ocorre após uma semana de caça aos criminosos.    

Nesta manhã, de terça-feira, uma junta de forças de segurança envolvida na operação de caça se deparou com os criminosos em uma região de mata, entre os municípios goianos de Bom Jardim de Goiás e Baliza. Segundo a polícia, armados, os fugitivos abriram fogo contra os policiais, que revidaram com disparos.    

Os quatro foram atingidos e encaminhados para a unidade de saúde mais próxima, mas não resistiram aos ferimentos.    

5º CR PM-MT

Movimentação da polícia chamou a atenção de moradores de

Bom Jardim de Goiás

A operação envolveu as PMs de Goiás e Mato Grosso, a Força Tática Araguaia, sediada em Barra do Garças, policiais do Bope, do GPT entre outros grupos especiais. Até policiais de folga foram escalados para a caça aos detentos.    

Durante oito dias os quatro fugitivos do presídio de Montes Claros de Goiás roubaram três carros, mataram um produtor rural e deixaram em pânico a região do médio Araguaia mato-grossense e goiano.    

A polícia acredita que eles não passaram por Barra do Garças para chegarem ao município de General Carneiro, primeiro paradeiro identificado após a fuga. Os bandidos teriam circulado, durante toda a semana, a rota rural que passa pela fronteira entre Torixoréu (MT) e Baliza (GO). Entenda:    

Segunda-feira, dia 21       

Quatro fugitivos fazerzm um buraco em uma das celas da unidade prisional de Montes Claros de Goiás e fogem, roubando um Fiat Siena, de um taxista. A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária de Goiás (DGAP-GO) divulgou a identidade de cada um deles:       

Deusmar de Souza – Artigo 157 § 3 do Código Penal Brasileiro (roubo);       

Luciano Carneiro de Souza – Artigo 157 do Código Penal Brasileiro (roubo);       

Fabrício Beraldo Farias – Lei 11 343 de 2006 – Lei de Tóxicos;       

Igor Fernandes Barreira – Artigo 121 do Código Penal Brasileiro (homicídio).       

Reprodução

Quatro detentos fugiram do presídio de Montes Claros de Goiás, após abrirem buraco em uma cela

Quarta-feira, dia 23       

Dois dias depois, os fugitivos foram vistos nas proximidades de General Carneiro, em Mato Grosso. Quando seriam abordados por polícias do núcleo da PM do município, eles abandonaram o carro e seguiram fuga a pé, em região de matagal, de difícil acesso.       

A polícia identificou os suspeitos como sendo os fugitivos devido a documentos encontrados no carro. O material apreendido identificava Luciano Carneiro de Souza, um dos autores da fuga, e também a vítima do roubo em Montes Claros. A DGAP-GO subsidiou as autoridades locais com informações sobre o caso e, para iniciar uma caçada dos bandidos na região, a sede da PM, em Barra do Garças, solicitou o apoio da PM de Goiás.     

Sábado, dia 26       

Ainda na zona rural de General Carneiro, no último sábado, as autoridades policiais apuraram que os suspeitos teriam roubado um Chevrolet D10. O veículo foi abandonado entre General e o município de Guiratinga (MT), devido a problemas mecânicos.       

No mesmo dia, enquanto escapavam do cerco policial montado na zona rural em Pontal do Araguaia, os fugitivos fizeram um terceiro roubo de carro. O dono da caminhonete F4000 foi encontrado morto na região.       

O último veículo roubado foi abandonado já na região de Baliza, em Goiás. A rota mais rápida e menos policiada da região de Pontal até o município goiano é passando pela cidade de Torixoréu, em Mato Grosso.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário